quarta-feira, novembro 28, 2007

O Macho.

A nossa sociedade esquece e esqueceu que o machismo já foi bem feminino.
Este post é só para lembrar a muita gente, que não é a ro
upa que faz o homem mas sim a sua atitude. Aqui vão alguns dos meus critérios e divirtam-se.

O homem usou vestidos de sedas bem transparentes, maquilhagem, cabelos as trancinhas, braceletes bijoux, toc bem feminino e não deixou de ser por tal usar.



Saias capas e sandálias de fio e de bons estatutos e mesmo assim não deixaram de ser homens…



Homens de poder… lindas culottes, belos rendados e maquilhagem, belo sapato com lacinhos e mesmo assim não deixaram de ser homem.





Mais saias, luvas, colas e renda , o pormenor na perna da alcinha em flor, chapéu de plumas e não deixou a sua virilidade.


Homens de saia e panos bem vistoso por cima da armadura , o toc de beleza no cabelo tem bem traços feminino aqui? Portanto não deixou de ser homem…



Roupas bem justas ao corpo muitos bordados muitas jóias e maquilhagem sim o homem pinta-se nesse tempo e não deixou de ser homem por tal…



Usou também calÇon bem curto colas, botas bem efeminados, rendas e capas muito bordado e não deixou de ser homem por isso…


Túnicas e portanto não deixou de ser homem por tal…


O homem usou colas, botinas, casacos cintados, floridos e bem coloridos com chapéus de plumas e ñ deixou de ser macho era um sinal de riqueza e poder


De saia também ñ deixa de ser homem.



E isto também não deixou de ser homem cabelos bem compridos e roupas bem justas e coloridas…



Já foi isto.


O homem é isto hoje em dia??




Sem rendas, sem colas, sem capas, sem botinas, sem maquilhagens, sem calçon, sem túnicas, sem saias, mas pobre homem continuas a ser criticado porque estas sem pelo, depilas-te. Esse sem duvida è um sinal bem feminino então não tens salvação criticado foste criticado serás…


sexta-feira, novembro 23, 2007

Tempo de relax



Esta na altura de deixar as nossas rotinas um pouco de lado, e nosso egoísmo também, esta na altura de relaxar um pouco. Tempo de desfrutar destas lindas imagens e de pensar que a vida é bela, nos podíamos a por ainda melhor sem odio e sem guerras.
Queria mandar um enorme beijo a todas as pessoas especiais que passam por aqui e que continuam a passar por aqui obrigados e parabéns a nos...

terça-feira, novembro 20, 2007

Chuva...

Finalmente chegas-te
Perturbar para muita gente, mas dar vida para muito mais seres...
Chuva cai em mim para me dar forças, apaga a minha sede de morrer
Limpa a maldade do homem e refresca a sua intolerância
Finalmente vieste inundar me de vida

Armas sexy ??


Vi um programa na TV em que fiquei um pouco perturbado com a maneira em falar de armas. Sim, esse material em que serve para defender um país, e que serve para matar outro ser humano, tirar-lhe a vida num simples pressionar de gatilho...
Em que agora é fácil se procurar esse objecto, matar por um sim ou um não.
Neste programa falavam que a arma era "bela" era das "melhores" que o "mesmo carregador dava tanto para uma como outra" que era "mais leve" mostrar o que se podia fazer com ela como passar um jipe por cima ou estar numa possa de agua e dizer que era "uma das melhores qualquer for a situação" e o pior que me surpreendeu mais foi de dizer que era uma arma "SEXY" so faltava dar o preço e o numero de telefone para comprar??
Se fosse o programa para mostrar quanto uma arma é perigosa ??
Agora mostrar como funciona e dizer que é bonito ou até sexy ai stop. Quando se vê o que se passa noutros países tal como USA ou Brasil há que ter consciência do estilo de programa que se faz ??
É muita informação de borla em que não se sabe quem pode estar a aproveitar...
Enfim a TV tem sempre o lado bom e outro menos bom, há que saber ver TV hoje em dia.
Armas nunca havia de ter existido, era por os senhores presidentes de países problemáticos um em frente a outro, em frente a uma camera e de mão nu, a pancada. Se calhar assim havia menos vitimas desse fléo (vírus) que se chama ARMA.

terça-feira, novembro 13, 2007

Obrigado Jorge




J'ai rencontré un garçon sur msn beau à mourir.
Je n'ai pas peur de l 'écrire, un garçon très particulier et dans une situation très délicate .
Je pensais que, si une
personne souffrait d'un accident, comme c'est le cas de ce jeune homme,
Qu´ils n'avaient plus de problèmes, qu´ après une telle tragédie que la vie la routine changerais, c´ est peut-être la raison pour laquelle notres indifférence en vérs ces hommes et ces femmes, (je dis?)
Mais non, nous connaissons la vérité, malheureusement, il ya ceux qui profite de la faiblesse de la situation ...
Enfin, c´est pas nous qui tirons les leçons de vie (avec nos vies réelles normale)

Mais ces hommes et ces femmes qui continuent même avec leurs handicap, avec tout ce qu'ils faisaient, nous regardent et nous disent que la vie continue.
J'étais mal dans ma peau, encore une fois l´ êtres humains ne sais pás donner les vrais valeur de l avie.

Je me sens tellement impuissante, si misérable, ce n'est pas lui le chiffon de la Société c´est moi.
A côté de lui, je ne suis rien, il est beaucoup plus fort que moi, c´est pouquoi je lui ait consacré cette chanson de Lara Fabian, a un jeune courageux, que j´ai chanté et enregistré hier.

Pour lui donner plus de force et montrer qu'il ya encore de bonnes personnes qui se souviennent de lui.
j´ai appris encore une fois.

Merci Jorge ...*****








Conheci um rapaz no msn lindo de morrer.

Não tenho medo de o escrever, um rapaz muito especial e numa situação muito delicada...
Pensava eu, que quando uma pessoa sofria de um acidente, como é o caso com este jovem,
que não se tinha mais problemas, que depois de um tal drama que a vida a rotina nos poupava, se calhar por isso a indiferença de nos os perfeitos em relação a estes homens e mulheres, (digo eu?? )
Mas não, não é bem assim, infelizmente, há quem tira proveito da fraqueza da situação...
Enfim não somos nos que tiramos lições da vida ( com nossa vida dita normal )
Mas sim estes homens e mulheres que mesmo assim com essa deficiência, com tudo que estavam habituados a fazer, olham para nos e dizem, que a vida continua.
Senti-me mal na minha pele, pois sim o ser humano mais uma vez não sabe dar o devido valor.
Sinto-me tão impotente, tão miserável, não é ele o trapo da sociedade sou eu.
Eu ao lado dele não sou mesmo nada, ele é muito mais forte do que eu, disso não tenho duvidas.
por isso dedico a musica a ele, a um jovem corajoso, cantei ontem e gravei na mesma noite.
Para lhe dar mais forças e para mostrar que ainda há boa gente que se lembra dele.
Mais uma vez aprendi

Obrigado Jorge...*****

J´y crois encore





Pour Jorge pour te donner des forces...
Attention!!! aux comentaires merçi...

quinta-feira, novembro 08, 2007

Tentar lavar seus pecados...

La vais tu pequeno diabo
Para o santuário de Fátima
Disfarçado de anjo
Chorar da tua pequena vida insatisfeita
Pecador bonito e perfeito
Vai para la para ser salvo?
Ele vê por dentro do teu coração
Não tens é salvação
A espera de um sinal da divindade?
Esta é a verdade...
Em quanto julgares o teu próximo pela sua aparência
A tua pequena vida miserável nunca para frente passeara
Tudo o que o Messias nos ensinou
E que ninguém aproveitou
Deu a sua vida para nos salvar
Tu ainda vais para la te lamentar?
Pobre verme ainda não percebes?
Que este mundo são as trevas
Uma passagem para mostrar quem realmente és...
Não intendes que estas num mundo sem pes...
Quem é esta religião que te ensina a rezar?
Como se estiveres a te lamentar...
Este som triste que não gosto...
Deviamos ir a casa dele sempre alegre e bem disposto
So quero gritar para mandar parar...
De certeza que ele é como eu ?
Chega de disfarces...
Deviamos é dar graças
Chega de gentalha falsas
Voa voa coração puro
E diz-lhe que não tens nada a ver com isto...

segunda-feira, novembro 05, 2007

Cuidado com os Gays !!!

Percebi finalmente porquê que o homem detesta os gays...
O medo de se confrontar a eles...
Sei porque são a maior parte homofóbico...
Isto vem de longe e tudo por causa de um avião...
É melhor mesmo não se meter com eles são muito perigosos....













A sua historia aqui vai....
Maria Fernanda Ziegler


Às 8h15 do dia 6 de Agosto de 1945, um clarão silencioso subiu aos céus da cidade de Hiroshima, no Japão. Pelo menos 100 mil pessoas morreram no primeiro ataque a bomba atómica da história, uma tragédia que provocou formas inéditas e terríveis de sofrimento e marcou o fim da Segunda Guerra.

A bomba de urânio 235, intitulada Little Boy, custou 2 bilhões de dólares em pesquisa e nunca havia sido testada. Ela foi lançada do bombardeiro americano B-29 número de série 44-86292, avião escolhido dois meses antes pelo coronel Paul Tibbets, - morto em novembro de 2007 - que o pilotou no dia do ataque. O oficial batizou a aeronave de Enola Gay, nome de sua mãe, uma dona-de-casa da Flórida.

O ataque, do ponto de vista técnico, foi um sucesso. O avião descolou às 2h45 da base aérea de Tinian, uma ilha a 2 400 quilómetros do Japão, e às 14h58 já estava de volta. No dia 9 de agosto, o Enola Gay serviu de avião de apoio no ataque a Nagasaki e, no ano seguinte, Tibbets o levou a Kwajalein, um atol nas Ilhas Marshall que servia de base de testes de bombas atómicas nos anos 40 e 50.

Devido a seu valor histórico, o governo decidiu preservar o Enola Gay. O avião passou por bases aéreas na Califórnia, Arizona, Texas e Maryland, onde ficou 24 anos. Em 1984, o Museu Nacional Aeroespacial, em Washington, iniciou um projecto de restauração da aeronave que durou dez anos. Em 1995, ela foi o centro da controvérsia em uma mostra no museu que lembrava os 50 anos da bomba. A exposição irritou grupos pacifistas americanos e japoneses por não chamar atenção para os horrores causados pela bomba atómica. Mesmo criticada pela imprensa, a mostra durou até 1998.

Desde 2003, o bombardeiro está exposto em um prédio anexo ao aeroporto de Dulles, em Washington. De acordo com Dik Daso, curador do Museu Aeroespacial, "o Enola Gay deve permanecer por um bom tempo lá".